Aquário de São Paulo é próximo ao EZ Hotel e vale a visita

O Aquário de São Paulo é o maior aquário temático da América Latina, e fica no histórico bairro do Ipiranga em São Paulo, bem próximo ao EZ Hotel, onde fica o EZ Coworking. Se você veio a São Paulo a passeio com a família, e quer levar seus filhos a um passeio incrível, ou mesmo se veio a trabalho, e quer ter alguns momentos de diversão, essa é uma excelente pedida. Então, saiba mais sobre o Aquário de São Paulo, e porque vale a visita!

Quando foi inaugurado o Aquário de São Paulo

O Aquário de São Paulo foi Inaugurado em 2006, como o primeiro aquário temático da América Latina, com 25 tanques onde ficavam peixes, répteis e mamíferos de alguns dos principais ecossistemas brasileiros de água doce, como a Floresta Amazônica, o Pantanal e a Bacia do Rio Tietê.

Em 2008 foram construídos mais 11 tanques, simulando os ambientes de água salobra, como os manguezais, praias arenosas, costões rochosos, oceanos e recifes de corais, onde ficam diversos tipos de peixes marinhos, inclusive raias, tubarões e pinguins. E em 2009 foram construídos mais 10 tanques, onde se encontram mamíferos como o peixe boi amazônico  e peixes gigantes da região, como o pirarucu e o e o tambaqui.

A última ampliação do Aquário de São Paulo aconteceu em 2015, com a criação de 13 novos tanques e recintos, simulando ambientes naturais de várias partes do mundo, como suricatos,  lêmures africanos, raposas voadoras, (uma raça de morcegos gigantes), pítons da Indonésia,  leões marinhos, lobos marinhos, focas e coalas da Austrália, que encantam crianças e adultos.

Mas os de todos os habitantes do Aquário de São Paulo que chegaram em 2015, os mais famosos são, sem dúvida, Aurora e Peregrino, um casal de fofíssimos ursos polares, que foram notícia em vários os veículos de comunicação e até capa de uma das principais revistas que circulavam em São Paulo na época.

Desde então o Aquário de São Paulo conta com uma área de 15 mil metros quadrados, incluindo tanques que armazenam 4 milhões de litros de água doce, salgada e salobra, onde habitam milhares de animais, cuidados por oceanógrafos, veterinários, biólogos e gestores ambientais.

Atrações do Aquário de São Paulo

O Aquário de São Paulo abriga milhares de animais de centenas de espécies, que não teríamos como listar nesse artigo, então, vamos listar as atrações que mais surpreendem crianças e adultos, desde predadores aquáticos e anfíbios como tubarões, jacarés e serpentes, até os fofíssimos ursos, coalas e cangurus.

Tubarão Mangona

O tubarão Mangona, tem uma aparência bem intimidadora, com dentes pontudos expostos para fora da sua boca. Afinal, quem espera que um tubarão seja ‘fofinho”? Mas é só aparência, porque é um animal de hábito noturno e que nada de um jeito calmo e lento.

Anaconda ou Sucuri Verde

Anaconda é o nome mais conhecido da Sucuri Verde, principalmente depois que o animal “estrelou” o filme de suspense com Jennifer Lopez, em que aparece como o terror das águas amazônicas! Mas, tirando os exageros cinematográficos que dão graça a esse tipo de filme, a sucuri verde, ou anaconda, é uma das maiores serpentes do mundo, vivendo principalmente na água, de onde embosca suas presas.

Mesmo não sendo tão grande como aparece nos filmes, a sucuri verde do aquário de São Paulo é um animal bem impressionante, com 8 metros de comprimento e pensando mais de 230 kg.

Píton Reticulada

Mais um grande predador do mundo dos repteis, a Píton Reticulada é a maior cobra do mundo. Embora não seja tão pesada quanto sua “prima” brasileira, pesando “apenas” 150 kg,  ela tem 10 metros de comprimento, ela tem o mesmo comportamento, de se aproximar lentamente, emboscar suas vítimas e se enrolar nelas para esmaga-las.  Uma curiosidade é que já foram vistas nadando no Oceano, maneira como chegaram às ilhas do Oceano Pacífico.

Píton Burmesa

Também chamada de Píton Burmesa Albina, pela sua aparência clara, branca e amarela, é uma cobra constritora encontrada em países como Bangladesh, Camboja, China, Indonésia,  Tailândia, e Vietnã, e de acordo com o Zoológico de SP, é uma espécie que se encontra em situação vulnerável. Tem 6 metros de comprimento e pesa 90kg.

Jacaré Albino do Pantanal

Se há algo fácil de se encontrar na região do Pantanal é um jacaré. Afinal, eles estão entre os maiores predadores daquela região. O que não é tão fácil de se encontrar são jacarés albinos.  que tem uma condição rara que dificulta muito que eles cheguem à fase adulta, porque, por serem mais claros, tem dificuldades em se camuflar, e os filhotes se tornam presas fáceis para outros predadores.

O Aquário de São Paulo tem um casal de jacarés albinos. Inclusive, o macho se chama Bino!

Coalas Australianos

Um dos campeões de fofura do Aquário de São Paulo. Apesar de muitas pessoas acharem que o Coala, que é uma espécie vinda da Austrália seja um tipo de urso, na verdade ele é um marsupial, que se vive em cima das árvores, especialmente eucaliptos, seu principal alimento. Inclusive foi no Aquário de São Paulo que nasceu o primeiro bebê coala brasileiro, em 2018.

Raposa Voadora – O maior morcego do mundo

Ok, o maior morcego do mundo pode ser bem assustador quando se olha para ele. E seu nome científico, Pteropus vampyrus , não é nem um pouco amigável. E um morcego que pesa 1,5 kg e , com as asas abertas, chega a 1,8 m de envergadura pode ser bem assustador. Mas é só aparência. E as aparências podem enganar. A raposa voadora é uma espécie vinda do Sudeste da Ásia, e se alimente principalmente de frutas.

Canguru Vermelho

Ele é o símbolo da Austrália. Um dos animais mais simpáticos do mundo, e a mamãe ainda carrega o filhote em uma bolsa em sua barriga. Ele tem 1,5 m de altura, pesa 45 kg e, se a situação exigir, já foram registrados cangurus vermelhos dando saltos de 12 metros de distância e 3 metros da altura.

Aurora e Peregrino – Os Ursos Polares do Aquário de SP

Aurora e Peregrino são os habitantes mais famosos do Aquário de São Paulo e ficam em um ambiente refrigerado que simula os ambientes onde eles vivem, no Ártico. O simpático casal de ursos, que veio de Kazan , na Rússia, são também considerados por muitos visitantes  os mais fofos do local.

Mas eles são também os maiores predadores terrestres da região do Ártico, o Polo Norte, com as fêmeas chegando a 2,5 m de comprimento e pesando 300 kg e os macho chegando a 3 metros de comprimento e pesando até 800 kg.

O Aquário de SP Vale a Visita?

Dando a resposta mais direta possível, Sim! Quem vê a fachada do local, no lado de fora, talvez não se impressione muito, mas além das centenas de espécies de animais, o Aquário de São Paulo tem toda uma cenografia e uma estrutura que só costuma se encontrar nos parques temáticos que os viajantes brasileiros encontram quando vão para os Estados Unidos ou Europa, além de restaurantes e uma loja temática.

Ou seja, pelo menos uma vez (duvidamos que vai ser somente uma!) você precisa ir ao Aquário de SP. É um passei imperdível para quem vem a São Paulo com as crianças, mas que os adultos também apreciam muito.

 Onde fica o Aquário de São Paulo

O Aquário de São Paulo fica na Rua Huet Bacelar, 407, no Ipiranga, sendo muito fácil chegar lá para quem está nos bairros da Aclimação, Ipiranga, Vila Mariana e Paraíso, estando a menos de meia hora de carro da região da Avenida Paulista.

Como chegar no Aquário de SP a partir do EZ Hotel

Para ir do EZ Aclimação até o Aquário de SP você pode pegar o um taxi, carro de aplicativo ou ir dirigindo. O trajeto leva menos de 15 minutos, e o local tem estacionamento. Você provavelmente vai querer passar o dia inteiro lá, mas se não for o caso, estará bem próximo do Museu do Ipiranga e Parque da Independência, outro passeio que vale a pena em São Paulo.

Se preferir, também existe a opção do transporte público, em que você pode pegar o metrô na Estação Paraiso, próxima ao EZ Hotel, e pegar a Linha 2-Verde no sentido Vila Prudente e descer na Estação Santos-Imigrantes, caminhando 800 metros até o Aquário.

Compartilhar artigo

Artigos recentes