GP do Brasil de Fórmula 1, no Autódromo de Interlagos, é oportunidade de bons negócios

O GP do Brasil de Fórmula 1 é o maior evento realizado anualmente na cidade de São Paulo, atraindo centenas de milhares de turistas brasileiros e estrangeiros, fãs da categoria de elite do automobilismo. Esses turistas trazem para São Paulo quase 1 bilhão de reais, de acordo com estimativas oficiais. Mas, além do lazer, a corrida realizada no tradicional  Autódromo de Interlagos, é oportunidade de bons negócios e excelente networking.

Embora o tradicional Salão do Automóvel, evento que durante anos foi realizado na mesma semana do Grande Prêmio do Brasil  , não aconteça mais, e não tenha data e formato previstos para seu retorno, os negócios ainda acontecem em São Paulo durante o GP do Brasil, porque onde tem Fórmula 1, as coisas acontecem. Inclusive, os negócios.

Os negócios gerados pelo GP do Brasil de Fórmula 1

Em 2021, o GP do Brasil de Fórmula 1 trouxe para São Paulo 182 mil turistas, que lotaram a rede hoteleira e gastaram R$960 milhões, movimentando a economia da cidade e colocando no mesmo local, executivos, profissionais liberais, empresários e empreendedores, ligados à Industria Automobilística ou simplesmente apaixonados por velocidade e pela categoria mais nobre do  automobilismo.

Espera-se que em 2022 o impacto positivo para a cidade seja ainda maior, pois se estima um público de 230 mil pessoas no Autódromo de Interlagos.

O Público do GP do Brasil de Fórmula 1

Segundo estimativas da Prefeitura de São Paulo, 25% das pessoas que compram ingressos para o GP do Brasil moram na cidade. Dos 75% restantes, 25% vêm do Interior de São Paulo, 40% vêm de outros estados do Brasil e 10% vêm do exterior. É um público de perfil elitizado, formado por pessoas de alto poder aquisitivo, viajando sozinhas ou acompanhadas de suas famílias. Cada um desses visitantes gasta, em média R$1.600,00 por dia.

Curiosidades sobre GP do Brasil de Fórmula 1

O GP do Brasil foi realizado pela primeira vez em 1972, mas só passou a fazer parte do calendário oficial da Fórmula 1 em 1973, sendo disputado em Interlagos até 1977. Em 1978 o GP do Brasil foi realizado no Autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, voltando para Interlagos em 1979.

Entre 1981 e 1989 o Grande Prêmio do Brasil foi novamente realizado no Rio de Janeiro, no circuito de Jacarepaguá, mas desde 1990 voltou para São Paulo, sendo realizado em no Autódromo de Interlagos desde então.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 só não aconteceu em 2020, por causa da pandemia de Covid-19, mas retornou em 2021, e por razões contratuais, mudou o nome oficial para Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1.

Os grandes campeões do GP do Brasil de Fórmula 1

Embora o Brasil tenha tradição na fórmula 1, com 3 nomes históricos da modalidade, como Emerson Fittipaldi, campeão em 1972 e 1974, Nelson Piquet , campeão em 1981, 1983 e 1987 e o saudoso Ayrton Senna, campeão em 1988, 1990 e 1991, eles não são os maiores vencedores dessa etapa do circuito mundial de Fórmula 1 na história.

Maiores vencedores do Grande Prêmio do Brasil

Alain Prost (França)– 6 vezes: 1982, 1984, 1985, 1987, 1988 e 1990.

Michael Schumacher (Alemanha) – 4 vezes: 1994, 1995, 2000 e 2002

Sebastian Vettel (Alemanha) – 3 vezes: 2010,2013 e 2017

Carlos Reuttemann (Argentina)  – 3 vezes: 1977, 1978 e 1981.

O argentino Carlos Reuttemann também venceu o primeiro Grande Prêmio do Brasil, em 1972, mas a prova ainda não fazia parte do calendário oficial do Campeonato Mundial de Fórmula 1, então, empata com Vettel com 3 vitórias.

Mas o fato de não termos um brasileiro na lista dos que venceram 3 vezes ou mais não significa que nossos pilotos não tenham feito bonito em Interlagos, ou Jacarepaguá, pois o GP do Brasil já foi vencido por um piloto brasileiro 9 vezes.

Pilotos Brasileiros que já venceram o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

Emerson Fittipaldi – 1973 e 1974

José Carlos Pace – 1975

Nelson Piquet – 1983 e 1986

Ayrton Sena – 1991 e 1993

Felipe Massa – 2006 e 2008.

O Autódromo de Interlagos

O Autódromo de Interlagos foi inaugurado em 12 de maio de 1940, e desde 1985, tem o nome de Autódromo José Carlos Pace, em homenagem ao piloto brasileiro vencedor do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de 1975, falecido em um acidente aéreo em 1977.

A pista de interlagos

Quando o Autódromo foi inaugurado, a Pista de Interlagos tinha 7.823 metros. Mas com as reformas e modernização do traçado autódromo, para trazer o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 de volta para São Paulo, em 1989, a extensão do circuito foi reduzida para os 4.309 metros atuais.

O S do Senna

O trecho mais famoso do traçado da Pista de Interlagos é o S do Senna, uma sequência de curvas de alta velocidade, cuja construção foi supervisionada pelo próprio piloto, que obviamente entendia do assunto.

Onde fica o Autódromo de Interlagos

O Autódromo de Interlagos fica na região do mesmo nome, que foi batizada assim porque o urbanista francês Albert Agache, que auxiliava o engenheiro britânico Louis Romero Sanson no projeto de construir ali um resort de alto luxo para a elite paulistana, percebeu no local entre as empresas Guarapiranga e Billings semelhanças com a cidade de Interlaken, na Suíça.

O endereço do Autódromo de Interlagos é Avenida Sen. Teotônio Vilela, 261

Como ir do EZ Hotel Até o Autódromo de Interlagos

Se você se hospedar no EZ Hotel, onde fica o EZ Coworking, para assistir ao Grande Prêmio do Brasil, e quiser ir ao Autódromo de Interlagos de carro, taxi ou transporte por aplicativo, a distância é de 19,8 km. Em dias normais, o trajeto leva em média 1 hora, mas no dia do GP vale a pena sair mais cedo, porque milhares de pessoas estarão se dirigindo ao autódromo.

Se preferir usar o metrô, também é bastante fácil a partir do EZ Aclimação Hotel. Basta pegar a Linha 2 Verde na Estação Paraíso, no sentido Vila Prudente, descer na Estação Chácara Klabin e pegar a Linha 5 – Lilás e desembarcar na Estação Santo Amaro, fazendo a baldeação para a Linha 9-Esmeralda da CPTM, desembarcando na Estação Autódromo, situada a seis minutos a pé do Autódromo de Interlagos.

Porque se hospedar no EZ Hotel para assistir o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

Além de prático para quem precisa ir ao Autódromo de Interlagos, a localização do EZ Aclimação Hotel facilita a vida de quem pretende aproveitar a viagem a São Paulo para outros compromissos, além de assistir o GP do Brasil de Fórmula 1.

O EZ Hotel fica no bairro da Aclimação, a 5 minutos do Parque do mesmo nome, e muito próximo das regiões do Paraiso, Vila Mariana e Avenida Paulista, além de ser prático também para quem vem de avião, pelos aeroportos de Congonhas ou Guarulhos.

Compartilhar artigo

Artigos recentes